Paulo Litro visita Sudotec e reafirma seu compromisso com o desenvolvimento tecnológico no Sudoeste

05/05/2018 Assessoria Paulo Litro

O deputado estadual Paulo Litro (PSDB), visitou nesta semana a Associação para o Desenvolvimento Tecnológico e Industrial do Sudoeste do Paraná – Sudotec, com sede no município de Dois Vizinhos.

Acompanhado do presidente da instituição, Sidnei Batistella e do vice-presidente da Associação Empresarial de Dois Vizinhos (ACEDV) Marcos Nonemacher, o parlamentar conheceu ainda mais o trabalho desenvolvido pela Sudotec. “Temos um relacionamento estreito com esta entidade, sei da importância da sua atuação aqui em Dois Vizinhos e em toda a região sudoeste do Paraná, por isso, fiz questão de vir reafirmar meu compromisso com o trabalho desenvolvido”, afirmou Paulo.

Em 2015, Paulo conseguiu a aprovação de Projeto de Lei na Assembleia Legislativa que declarou a Sudotec como entidade de Utilidade Pública, por meio da Lei número 18.675/2015. A declaração é uma das atribuições necessárias para se ter acesso a programas estaduais e receber recursos provenientes da administração pública.

Durante a visita, Paulo conferiu também o trabalho desenvolvido pela incubadora tecnológica, instalada dentro da Sudotec, que atende atualmente cinco empresas. Criada em 2006, a incubadora graduou mais de 12 empresas no município e região.

A Sudotec oferece também importantes programas como o de Inclusão Digital para adolescentes e idosos, além do Aprender e Crescer. Por meio deste programa, jovens na faixa etária de 16 anos aprendem programação de sistema de computadores.

Desde a criação da Sudotec, em 2006, os números são muito positivos. Já foram atendidos pela instituição mais de 10 mil pessoas, entre os mais diversos cursos oferecidos.

Durante a visita, Paulo Litro comunicou ao presidente Batistella que solicitou uma audiência com o presidente da Companhia Paranaense de Tecnologia da Informação e Comunicação (Celepar), Jacson Carvalho Leite, para verificar quais as possibilidades de uma parceria entre a instituição, além de buscar investimentos do Governo do Estado para a construção da sede.