Paulo Litro preside audiência sobre proibição de uso de canudos e copos de plástico

05/14/2019 Assessoria Paulo Litro

O deputado estadual Paulo Litro (PSDB) presidiu nesta terça-feira (14/5), na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), audiência pública para debater o projeto de lei n.º 186/2018, que dispõe sobre a proibição do uso de canudos e copos plásticos. O encontro contou com a participação de representantes de bares e restaurantes, indústria, comércio e grupos de defesa do meio ambiente.

“Buscamos promover um debate amplo sobre o projeto de lei por entendermos a importância e impacto que ele possui em relação ao meio ambiente e comércio. Cada contribuição apresentada na audiência ajudará a aprimorar o projeto nas comissões temáticas da Assembleia”, disse Paulo Litro.

O deputado ressaltou que no Brasil apenas 1,2% do plástico é reciclado, bem abaixo da media mundial de 9%. Citou como exemplo o caso dos canudos de plástico, que possuem uma vida útil de apenas cinco minutos e não possuem valor de reciclagem, mas que levam séculos para se decompor e já representam 4% de todo lixo plástico do mundo.

“A poluição de resíduos plásticos é um problema real e que não podemos fugir. Esse projeto de lei busca diminuir o impacto na natureza ao mesmo tempo que une diferentes setores e segmentos da nossa sociedade para discutir iniciativas que equilibrem a sustentabilidade com a viabilidade econômica e de fiscalização.”

Opiniões

“Tivemos a oportunidade de ampliar o debate na busca de soluções, com opiniões relevantes sobre o impacto na natureza, medidas de conscientização e incentivos fiscais que fortaleçam a reciclagem e substituição de materiais plásticos para produtos descartáveis”, disse o engenheiro de automação e controle industrial, Eduardo Todt.

Jéssica Pertile, integrante do   Coletivo Lixo Zero, da Beergreen, avaliou como   positivo o debate. “Acredito que a lei é válida e que a discussão é importante para que surjam outras legislações no sentido de melhorar a qualidade do ambiente em que vivemos”, argumenta.

Participaram da audiência pública os deputados Emerson Bacil (PSL), Goura (PDT),  Delegado Recalcatti (PSD), Tião Medeiros (PTB), Requião Filho (MDB), Alexandre Amaro (PRB) e Luiz Fernando Guerra (PSL). Também fizeram parte da mesa de debates o engenheiro ambiental, Eduardo Gobbi; a engenheira ambiental, professora Luciana Muller; o presidente da Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas do Paraná (Abrabar), Fábio Aguayo; Dirceu Galeas, presidente do Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado do Paraná (Simep); Ozeias Teixeira de Oliveira, diretor presidente da empresa Gold Food Service; e Gisele Duarte Doetzer, representando a Rede Sustenta Paraná.

, , , , , , , , , , , , , ,