Paulo Litro defende reabertura da Estrada do Colono

07/01/2019 Assessoria Paulo Litro

O deputado estadual Paulo Litro (PSDB) defendeu nesta segunda-feira (1/7) a reabertura da Estrada do Colono, no Parque Nacional do Iguaçu. Fechada definitivamente em 2001, a estrada possui 17,6 km de extensão e diminuiria a distância entre Medianeira e Capanema dos atuais 170 km para 58 km, uma diferença de 112 km.

“Precisamos encontrar um equilíbrio entre a preservação da natureza e o desenvolvimento. A reabertura da Estrada do Colono é uma antiga demanda dos moradores da região e representa mais que apenas uma facilidade de acesso entre os municípios, mas a possibilidade de crescimento econômico da região”, destacou Paulo Litro.

De acordo com o deputado, o fechamento da estrada tornou-se uma barreira que impede o trânsito de pessoas que necessitam visitar seus familiares, trabalhar ou viajar até os municípios. A dificuldade de acesso também afeta o turismo, a atração de indústrias e o fortalecimento do comércio, o que acaba contribuindo para o êxodo de moradores, uma vez que limita as possibilidades profissionais e de geração de renda.

Para mudar esse cenário, Paulo Litro defendeu a implantação de uma estrada ecológica conforme o projeto de lei n.º 984/2019, apresentado pelo deputado federal Vermelho, que cria a categoria de unidade de conservação denominada estrada-parque. A proposta inclui o desenvolvimento em conjunto com técnicos para implantar um formato de rodovia que minimize os impactos no meio ambiente ao mesmo tempo que estimula a economia, o turismo e a conscientização em relação a preservação da natureza.

Além dos benefícios econômicos e de transporte para a região, o deputado ressaltou que a estrada ecológica resultará em uma expressiva diminuição na emissão de gases poluentes e utilização de combustível, uma vez que diminuirá a distância que os veículos precisam percorrer entre os municípios.

“A Estrada do Colono é um pequeno trecho que traria grandes avanços para a região, beneficiando mais de 14 municípios, possibilitando tornar o Parque Nacional do Iguaçu parte integral da vida dos paranaenses e um instrumento para o avanço do estado e de preservação ambiental”, afirmou Paulo Litro.

A reabertura da Estrada do Colono é apoiada por diversos segmentos que incluem o Instituto Histórico e Geográfico do Paraná; a Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (AMSOP); Associações Comerciais de Capanema, Planalto e Serranópolis, entre outros. Em visita à região, o presidente Bolsonaro afirmou que, se depender do Governo Federal, a Estrada do Colono poderá ser reaberta.

, , , , ,