Paulo Litro lamenta falecimento de Euclides Scalco

03/16/2021 Assessoria Paulo Litro

O PSDB Paraná, por meio do seu presidente Paulo Litro e demais membros da direção partidária, manifesta seu mais profundo pesar pelo falecimento do ex-deputado e fundador do partido, Euclides Scalco, aos 88 anos.

“Scalco foi uma das mais importantes e destacadas lideranças do PSDB e nos deixa um legado de competência e seriedade em todas as funções que exerceu ao longo de sua vitoriosa trajetória. Foi vereador e prefeito em Francisco Beltrão; deputado federal constituinte e ministro da Casa Civil do governo Fernando Henrique. Um dos maiores nomes da política paranaense e que, sem dúvidas, fará muita falta”, destacou Paulo Litro.

Histórico

Nascido em 16 de setembro de 1932 em Vista Alegre, distrito da cidade de Nova Prata, no Rio Grande do Sul, Euclides Girolamo Scalco era casado com Terezinha Marcolin Scalco, com quem teve quatro filhos.Formado em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pós-graduado em economia agrária pela Universidade de Louvain, na Bélgica, e em economia no Instituto Lebret, na França.

Em 1959 chegou a Francisco Beltrão, onde foi eleito vereador e prefeito, além de ter participado de movimentos de trabalhadores rurais. Três vezes eleito deputado federal, participou da assembleia nacional constituinte, onde atuou nas comissões de Saúde, Previdência e Assistência Social. Em 1988, Scalco estava entre os principais articuladores da criação do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

Em 1995 assumiu a diretoria-geral brasileira da Itaipu Binacional, renegociou a dívida da hidrelétrica com a Eletrobrás e a viu bater o recorde mundial de produção de energia elétrica, em 1996. No segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso, assumiu o cargo de ministro-chefe da Casa Civil.

“O Paraná e o Brasil perdem uma verdadeira referência e um exemplo de dedicação e trabalho pelo desenvolvimento e aprimoramento das políticas públicas. Em nome de todo o diretório do PSDB Paraná, envio nossas orações e condolências para a Dona Terezinha, seus filhos, netos, familiares e amigos”, disse Paulo Litro

, , , , , , , , , ,